POETA

POETA

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

FAFINHA FELIZ ANIVERSÁRIO







                    Para ti Querida Irmanita ROSALINA
                   

                                                          Salvé dia 5 de Novembro
dia que uma linda Rosalina anos faz
hoje e sempre eu me lembro
e nem a distância me fará esquecer é capaz

Tu és para nós uma flôr muito especial
Embora nós estejamos em Macau
e tu nesse nosso belo Portugal
e nós por cá ficamos bem nesta nau

Se existe algo de belo
é uma boa e sincera amizade
e aqui presente estou, porque te quero,
com muito amor e sinceridade

És uma irmanita muito Querida
Que bem jovem te deixei
Neste jardim que é a vida
Mas sempre perto te ti estarei

Hoje e como sempre, fisicamente estou ausente
Nesta data tão querida
Mas, no pensamento e com amor estou presente
Te desejando muitos anos de vida

Que hoje e todos dias
Os passes com saúde e amor
Junto de quem amas, com muitas alegrias
Quer nos momentos felizes quer nos de dor

Quando de nós precisares
Estaremos ao teu dispôr
Tens aqui os nossos lares
Cheios de carinho e de amor

Mais um ano se passou,
Mais uma flôr colhes deste belo jardim
Que nem sempre te mimou
Mas a vida é mesmo assim

Bela tu continuas, cheia de vida e de condão
Rosalina sempre pura
Com amor no coração
Onde a saudade perdura

Mais um ano passou, é bem verdade,
Com alegria, dor e emoção
Recordando dias belos da mocidade,
Tempos que jamais voltarão

Mas, o mais importante na vida
É nela saber-mos estar
E para ti irmanita Querida
sinceros parabéns te iremos desejar

De teu irmão Tói,
Destas terras orientais
Que embora não seja herói
É bem diferente dos demais





      DO TÓI E FAMÍLIA COM MUITO AMOR



 

























3 comentários:

  1. parabéns à menina. digo bem: será sempre a menina bonita da cidade de évora.

    ResponderEliminar
  2. Ilustre Mestre e Estimado Amigo Kira,

    A vida é feita desta pequenas coisas, coisas belas como a família, a irmandade e amor que nutrimos por quem é para nós algo de bom e em cujas veias corre o mesmo sangue.
    O meu muito obrigado pelas tuas sempre afaveis e belas palavras.
    Um abraço amigo cá do velho companheiro Tói

    ResponderEliminar
  3. Que ternura contida neste poema.
    Um abraço

    ResponderEliminar